“Estado pode criar melhores condições aos produtores”, afirma governador na abertura da Acricorte

    0
    1112
    Em evento, Mauro Mendes destacou que Mato Grosso precisa ser um ‘facilitador”

    O governador Mauro Mendes participou da abertura da Acricorte, em Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (09), e afirmou que o Estado precisa contribuir com o setor pecuário de Mato Grosso, criando melhores condições para o desenvolvimento econômico.

    “O Governo pode contribuir parando de atrapalhar e criando melhores condições para que os produtores possam acessar os mecanismos legais, para comercialização, ao exemplo do setor da pecuária”, destacou.

    Mauro Mendes acrescentou que o Governo também precisa assegurar que a defesa animal possa ser garantida em todo o Estado, através do Indea (Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso), assim como garantir políticas públicas mais fáceis e ágeis para o dia a dia de quem produz.

    “É preciso que o Estado possa ser um facilitador e não como historicamente acontece em MT e no Brasil, em que o produtor e empresário vê o Estado como um atrapalhador. Nós precisamos simplificar a vida do cidadão e a vida de quem trabalha e produz”, ressaltou.

    A Acricorte é um evento realizado pela Associação dos Criadores de Mato grosso (Acrimat) e tem como objetivo levar conhecimento, discussões e tecnologias para os pecuaristas, integrando a cadeia produtiva da carne. O evento acontece nesta quinta e sexta-feira.

    “O setor da pecuária e da proteína animal é muito importante para Mato Grosso. Nós somos um grande produtor brasileiro e um grande player mundial, e o setor pode crescer muito nos próximos anos com tecnologia, agregando muito mais aos novos processos que estão chegando aos campos de Mato Grosso”.

    “Cada vez mais nós seremos fortes e teremos capacidade de crescer respeitando o Meio Ambiente e contribuindo para o crescimento do Estado de Mato Grosso”, destacou.

    O governador ainda citou que nenhuma região do país produz tanto como Mato Grosso,  juntamente com a garantia da preservação o meio ambiente. Contudo, ele foi enfático ao afirmar que vai o Estado vai continuar preservando, não por pressão, mas porque o cidadão mato-grossense tem consciência da importância do meio ambiente.

    O presidente da Acrimat, Marco Túlio, também destacou a qualidade da carne produzida no Estado. “Nós somos fortes e buscamos produzir de forma sustentável”, disse.

    Laice Souza | Secom-MT 

    SEM COMENTÁRIOS

    DEIXE UMA RESPOSTA